O mercado de vendas se caracteriza pela concorrência e pelos desafios enfrentados diariamente. Vendedores com anos de experiência devem estar atentos às constantes mudanças ocorridas no mercado para que se adaptem e sigam conquistando os objetivos e batendo suas metas de vendas.

A tecnologia trouxe muitos ganhos para o ramo de vendas, possibilitando maior oportunidades em realizar uma boa prospecção e bom atendimento com seus clientes. Por consequência, vendedores que conseguem elaborar uma estratégia de vendas, realizando os pontos principais, se manterão sempre avançando com números e aumentando seu lucro.

No ramo de vendas de seguro de carro não é diferente. Com tantos veículos sendo comprados no Brasil anualmente, subtende-se que existem inúmeras pessoas que vão necessitar do produto oferecido. No entanto, de nada adianta um grande número de possíveis clientes se não é realizada uma boa captação, filtrando aqueles que têm interesse e estão aptos a comprar.

Para que os vendedores realizem uma boa captação e aumente as vendas, aqui vão 6 dicas para aumentar as vendas de seguros de carro!

Começando do jeito certo

Antes de colocar em prática as dicas que serão dadas, é necessário analisar o seu perfil enquanto vendedor de seguro de carro. Isso poderá ser feito através das respostas às seguintes perguntas: o que você quero ao vender seguro de carros? Quais são suas metas e objetivos? O que você considera como sucesso e o que está fazendo para tornar esse sucesso uma realidade?

Após responder, é a hora de colocar a mão na massa e definir uma estratégia que lhe faça alcançar todos seus objetivos enquanto vendedor e pessoa. É importante ter os objetivos e metas bem definidos, pois servirão como base para as ações executadas e como motivação para seguir crescendo.

1) Defina seu público

 

Não adianta realizar uma venda se você não sabe para quem está vendendo. Um dos primeiros passos a serem realizados ao elaborar uma estratégia é definir o público-alvo. Isso é fundamental para saber quais ações irão comunicar melhor para com seu público. Mas a dúvida é: como definir?

Tenha em mente o seu produto: seguro de carro. É necessário realizar uma pesquisa em relação a como se encontra o mercado de seguros de carro. Ter uma visão panorâmica da concorrência, dos clientes, dos preços e das próprias seguradoras irá facilitar o processo. Conhecer o seu mercado é essencial.
Um engano é pensar que todos vendedores de seguro de carro trabalham com o mesmo público-alvo. Na verdade, para cada região e tipo de seguro vendido, o público pode ser ainda mais específico. Região, idade, sexo, escolaridade, profissão, hobbie e demais itens são levados em consideração na hora de construir a sua persona, isto é, um perfil fictício do cliente.

A persona pode ser criada com uma pesquisa. Até mesmo os antigos clientes poderão ser entrevistados a fim de conseguir elaborar e detalhar o perfil. Após ter uma persona e um público-alvo definidos, será muito mais fácil tomar as decisões certas na estratégia.

2) Funil de vendas é importante!

Resultado de imagem para funil de vendas

O funil de vendas é um método adotado por muitos vendedores, seja qual for a área de atuação. É uma forma de conseguir acompanhar o processo da venda que vai desde a atração dos clientes até o pós-venda. Para aumentar as vendas de seguros de carro, é necessário adaptar o processo de vendas para o meio online, portanto, site, página de rede social ou blog são algumas plataformas online que se pode trabalhar o produto oferecido por você.

Tomar conhecimento de todo o processo de conversão evidenciará as estratégias mais eficazes para captar e converter os contatos em venda. Através de um funil bem estruturado, a prospecção de clientes será aprimorada constantemente, colocando em análise todos os aspectos que deram certo ou não.

O funil de vendas é dividido em três etapas: topo, meio e fim do funil. O topo do funil consiste na atração do cliente até seu negócio, site, blog ou rede social, isto é, o primeiro contato. É importante que neste primeiro contato o cliente tenha uma impressão positiva.

O meio do funil se dá pela captura e relacionamento dos clientes. Nesta etapa, após o cliente ser atraído, ele precisa navegar por aquele site, sendo convencido dos benefícios que o produto ou serviço oferecido, que deve ser apresentado como solução. Esse resultado só pode ser obtido se o site possuir um bom conteúdo. E, depois do cliente navegar e conhecer um pouco mais do serviço, ele irá ser capturado através de uma landing page, preenchendo um formulário com seus principais contatos.

Os contatos que capturados, serão enviados para que o vendedor entre em contato o quanto antes. E através desses contatos, será criado um relacionamento com o cliente, que tem função de dar todo o suporte ao cliente, sugerindo-lhe seguir com a compra.

Já o fim do funil é o momento da venda em si. É o momento que deverá ser esclarecido para o cliente todos os pontos sobre o produto que, no caso, é o seguro de carro. Estar aberto para atender o cliente da maneira que ele preferir é um diferencial. Se ele for oriundo de uma lead, leia o post de 10 dicas para atender uma lead.

Após as etapas do funil da venda, ainda existe o pós-venda, no qual é uma forma de manter contato com o cliente e não perder futuras oportunidades de renovação do seguro com seus clientes.

3) Faça a análise dos resultados obtidos

Com o funil de vendas bem desenvolvido, analisar o processo e os resultados das vendas de um determinado período é muito mais fácil. Faça uma proporção de quantas pessoas foram captadas e quantas realizaram a compra, assim poderá ser mensurado as ações que melhor funcionaram.

Se 40 pessoas são captadas e as vendas são fechadas com 4 pessoas (ou seja, 10% de conversão em venda), significa que a estratégia adotada foi bem sucedida. Mas, se a taxa de conversão em venda for inferior, o ideal é analisar e saber onde está o problema e como resolvê-lo.

E claro que, para continuar numa crescente das vendas, o ideal é sempre aumentar a meta. Para que o lucro, ao invés de estagnar (ou diminuir), seja maior.

4) Invista no seu negócio

Para realizar boas vendas e obter o retorno desejado, é necessário separar uma quantia para ser investida. Domínio de um site, plataformas de acompanhamento do processo de vendas, publicidade paga, entre outros investimentos, são fundamentais para que as estratégias consigam ser concretizadas.

É claro que, através de uma análise dos custos, deve ser verificado a quantia que pode ser investida e estudar onde esse investimento é mais necessário.

5) Utilize as plataformas

A internet e a evolução tecnológica possibilitam a criação de plataformas que dão grande auxílio na hora de acompanhar e facilitar todo o processo de vendas de seguros de carro. Esse item dialoga com todos os itens anteriores, pois obter uma automatização de algumas ações contribui para a eficácia das atividades realizadas.

Ter uma visão panorâmica de todo seu negócio e se questionar sobre o que pode ser automatizado é uma forma de analisar quais as atividades que podem ser encaixadas nesse método.

Com plataformas que automatizam atividades, o rendimento do trabalho será maior, afinal, o tempo será melhor aproveitado. Ao invés de realizar uma atividade que exija muito tempo, analise a possibilidade de vinculá-la a uma plataforma ou uma outra forma de automatizar essa ação.

Por exemplo: ao utilizar plataformas de gestão empresarial para automatizar tarefas, o tempo que seria gasto com a elaboração de planilhas será poupado ou melhor aproveitado numa outra atividade que requer maior atenção, como o próprio atendimento ao cliente. Outro exemplo é usar chats online para facilitar a comunicação entre sua empresa e seu cliente.

Além disso, é ideal pesquisar quais plataformas melhor dialogam com seguros de carro, como a geração de leads, por exemplo. A geração de leads é um processo automático que realiza toda a captação de clientes com interesse num determinado produto e serviço. Todo tipo de oportunidade para aumentar as suas vendas deve ser considerado.

6) Ofereça o serviço que seu cliente precisa!

Hoje, não se compram produtos apenas por suas vantagens ou preço. Por isso que o vendedor tem um papel tão fundamental. O produto, além de ter boa qualidade, deve trazer os benefícios que se encaixam às necessidades do cliente. Ou seja, o produto pode ser o mesmo, mas para cada cliente, trará uma vantagem diferente – e o vendedor deve usar isso como seu principal argumento.

Imaginemos um cliente que realiza constantes viagens, seja a trabalho ou a lazer. Você, enquanto vendedor, deve enfatizar como o seguro de carro trará mais segurança à rotina de trabalho daquele cliente. Portanto, mesmo que ele tenha uma seguradora em mente, ofereça a que melhor se adeque não apenas ao cotidiano, mas também ao bolso.

Portanto, não venda apenas um seguro de carro, mas um seguro de carro certo para aquele cliente!

Conclusão

Às vezes, basta algumas orientações para um bom vendedor de seguro de carro obter os lucros que almeja. Para que os objetivos sejam alcançados e as metas sejam batidas, é imprescindível que os pontos abordados no post sejam seguidos e implementados na sua rotina de trabalho.

O segredo é sempre estar a parte do que está acontecendo no processo de vendas e estar sempre motivado para seguir aprendendo e crescendo.

Autor: Hillary-maciel

Estagiária de Redação Web na Bannet, é graduanda de Publicidade e Propaganda da Universidade Federal do Ceará. Tem paixão pela escrita e pelo conhecimento, adora novos desafios e está sempre pronta para enfrentá-los.