Quando se pensa em comunicação com o cliente, a primeira coisa que vem à mente é o telefone e, mais atualmente, as redes sociais. E não é para menos, visto que redes como Facebook, Instagram e YouTube crescem continuamente, interferindo e modificando todo processo de vendas atual. Mas também há os vendedores tradicionais que usam apenas telefone para realizar contato.

Por isso, os vendedores que têm interesse de fazer uso do meio digital, vão primeiramente às redes sociais, a fim de divulgar o seu trabalho. Não só devido a popularidade desses sites, mas também à fácil usabilidade, faz com que muitos utilizem das mídias sociais para anunciar um produto ou serviço, já esperando que algum usuário demonstre interesse no mesmo.

Segundo a pesquisa da Digital in 2016, metade da população mundial está conectada e é usuária corrente de redes sociais. Isso faz que plataformas como Facebook, por exemplo, seja utilizada para divulgar e também estabelecer uma comunicação com os clientes.

No entanto, com o boom das redes sociais, um recurso gratuito e eficaz acabou sendo esquecido: o e-mail. Há quem diga que e-mail já está ultrapassado, mas isso é um grande equívoco.

O e-mail sempre esteve presente na internet e, desde então, se mostra como um serviço de grande validade. É mais fácil de manusear e, utilizando-o da forma correta, traz grandes resultados nas vendas e no que diz respeito à comunicação com o cliente.

E quem é vendedor, sabe que ter uma boa relação com o cliente é imprescindível. Então, por que não usar todos os recursos gratuitos disponíveis para trabalhar bem a comunicação? Nesse post, nós vamos focar em como o e-mail pode lhe ajudar a melhorar a comunicação com os seus clientes.

Os diferenciais do e-mail para a comunicação

O e-mail possui alguns diferenciais que vão te fazer repensar em sua eficiência, como:

Todo usuário de internet deve ter um e-mail

Para fazer uso de qualquer serviço na internet, até mesmo as redes sociais, é necessário que o usuário tenha um e-mail. Este é um dos pré-requisitos principais na hora de realizar qualquer tipo de cadastro. Por exemplo: para ter um Facebook, você deve ter um e-mail.

E-mail é bastante ativo no mercado

Pense nos sites de vendas, a maioria deles permite que o usuário cadastre seu e-mail para receber promoções relâmpagos, dentre outros. Isso também existe em blog’s e sites de notícias, no qual o usuário pode se inscrever na newsletter com o e-mail, para ser notificado de toda publicação.

Para a comunicação com o cliente, o e-mail também tem suas vantagens únicas, pois ele se adequa à qualquer situação do processo de compra do cliente. Por exemplo:

Imagine um cliente que já foi atendido, não fechou a compra, mas ainda tem interesse. Nesse caso, o e-mail é ideal, pois você pode realizar um acompanhamento a longo-prazo, mandando e-mails eventuais que eduquem o cliente a permanecer com interesse até, de fato, realizar a comprar.

Além disso, o e-mail permite que seja utilizado uma linguagem formal. E quando se fala formal, não significa rebuscada. O e-mail pode ser formal e, ainda assim, manter uma linguagem íntima com o cliente.

A praticidade também é um grande benefício, uma vez que salva toda a conversa e permite a resposta para cada e-mail de forma facilitada. E, é claro, a gratuidade do serviço – você pode se comunicar bem com seus clientes sem precisar gastar um centavo por isso!

 

O mecanismo do e-mail marketing

Imagem relacionada

No momento que o mercado começou a se integrar às soluções digitais, o e-mail foi um mecanismo utilizado com frequência pelas empresas. Porém, com o espaço que o marketing digital ganhou, todos esses métodos passam por um denso estudo. O e-mail também está inserido nessas estratégias, com o processo chamado de e-mail marketing.

E-mail marketing nada mais é que uma forma de realizar publicidade através do envio de e-mails automaticamente, acompanhando toda a jornada de compra do cliente. O e-mail, por se tratar de uma conversa direta, permite que se estabeleça maior proximidade do vendedor para com o cliente.

O principal objetivo do e-mail marketing é, portanto, realizar a comunicação com o cliente, em qualquer etapa da compra que ele estiver. É por isso que para um e-mail marketing dar o retorno necessário, deve-se realizar um estudo minucioso do seu público. Conhecer o seu cliente evita que você envie algo indesejado.

No e-mail marketing, os e-mails são enviados de forma automática. Isto é, você não precisa enviar um por um para cada cliente. Você pode separar um e-mail por etapa de compra, e programar seu envio. O único trabalho é realizar uma monitoração para ver se os e-mails estão sendo enviados e os resultados obtidos.

Todas estratégias de marketing digital são vantajosas porque podem ter resultados mensurados e analisados. Isso facilita na hora de reconhecer o que deu certo ou errado.

 

Melhorando a comunicação com o cliente através de e-mails

Resultado de imagem para comunicação cliente

Para que uma venda se concretize, o vendedor deve estar sempre atualizado da situação de seus clientes. O e-mail é seu maior aliado nisso!

Lembrando que para realizar esse método, é necessário que o vendedor tenha uma prospecção de clientes ativa. A eficácia depende do interesse dos clientes sobre o produto ou serviço oferecido, então certifique-se de estar prospectando clientes interessados, pois eles precisam permitir o recebimento. Ou seja, esqueça as listas de e-mails aleatórios!

Antes de iniciar o envio de e-mails, você precisa saber seus objetivos. Para cada objetivo, será pensado uma estratégia diferente para alcançá-lo. Essa etapa é uma das mais importantes, pois exige um reconhecimento da gestão interna de vendas.

QUER SABER COMO MELHORAR SUA PROSPECÇÃO DE CLIENTES? ENTRE EM CONTATO CONOSCO!

 

Crie uma rotina de envio

Resultado de imagem para e-mail marketing

A praticidade e facilidade de enviar e-mails abre uma brecha para a desorganização. Para que isso não aconteça, crie uma rotina de envio por cada estágio da compra.  Assim, os e-mails serão programados para ser enviados de acordo com o estágio de compra na qual o cliente se encontra. Você pode dividir os estágios em educar, acompanhar e vender.

Educar

Cada cliente seu tem um perfil específico. Educar, nesse sentido, significa encaminhar aquele cliente para a compra. Isso pode ser feito enviando conteúdos exclusivos acerca do produto. Essa etapa se atrela diretamente ao marketing de conteúdo, pois blog’s são muito utilizados.

Nesse momento, muitos clientes têm interesse, mas ainda não estão 100% certos de fazer a compra. Por isso, enviar conteúdos diferentes e que chamem a atenção pode ser o impulso que falta para que a decisão de compra seja tomada.

Acompanhar

Haverão clientes que, mesmo possuindo o interesse, não estão preparados para realizar a compra. Mas isso não significa que é uma venda perdida. Por isso, você, enquanto vendedor, deve estar sempre acompanhando seus clientes, criando mensagens específicas a fim de entender as suas necessidades e criar caminhos que facilitem a compra.

Chame atenção para promoções ou, quem sabe, algum outro produto ou serviço mais barato. Seja a curto ou longo-prazo, você vai obter a compra e, realizando um bom atendimento, poderá até receber alguma indicação.

Vender

Quando o cliente já está certo da compra que vai realizar, o e-mail também pode ser um ótimo canal de comunicação. Através dele, pode haver uma negociação e apresentar outros produtos que você vende. Ter uma flexibilidade em comunicação é uma grande vantagem dos vendedores modernos!

 

Assunto do e-mail importa – e muito!

Você precisa ter uma garantia de que o e-mail será aberto e lido. Por isso, chamar a atenção do cliente ao seu e-mail é fundamental. Um e-mail na caixa de entrada pode ser notado através do assunto que este possui.

O assunto tem que transmitir numa frase sucinta o tema do e-mail. Ele deve ser criado somente depois do e-mail ter sido escrito. Existem estratégias para elaborar um assunto chamativo, como apelar para benefícios ou enfatizar soluções.

 

A linguagem ideal para seu e-mail

Um erro constantemente cometido entre vendedores que realizam comunicação por e-mail é não tomar cuidado com a linguagem. Na hora de redigir o e-mail, certifique-se de que está sendo claro suficiente, especificando os detalhes necessários. Você não quer que seus clientes desistam da compra por falta de informação.

Outro ponto crucial é tomar muito cuidado com a ortografia. Nenhum erro de português é permitido. Eles não passam em branco e refletem desleixo e desatenção do vendedor. Portanto, revise quantas vezes forem necessárias o corpo textual do seu e-mail, ou peça para que alguém leia, pedindo opinião.

Trate seus clientes como colegas, nada de excesso de formalidade, mas também não force intimidade. Seja educado, cumprimente e sempre se despeça. Esse mesmo tom pode ser utilizado durante os outros contatos que venham a ser feitos.

 

Aproveite todas as respostas e feedbacks

Utilizar e-mail para se comunicar com os clientes traz a possibilidade deles responderem. Quando eles respondem, surge a oportunidade de dar seguimento a um contato, criando um relacionamento com esse cliente.

Esteja sempre atento às dúvidas dos clientes e aos possíveis feedbacks, pois estes são essenciais para saber se a comunicação está sendo eficaz ou precisa ser melhorada. O feedback também é uma forma de dar continuidade ao relacionamento com o cliente!

 

Analise os resultados periodicamente

Para que sua estratégia de comunicação via e-mail sempre se desenvolva, analise os resultados obtidos através dos e-mails enviados. Mensure a quantidade de resposta recebidas, de clicks, de abertura, dentre outras métricas.

Assim, você terá visão do que realmente está funcionando ou o que precisa ser melhorado. Erros são comuns, mas sempre devem ser corrigidos.

 

Conclusão

Agora que você sabe como melhorar o relacionamento com os clientes através do envio de e-mails, já pode começar a elaborar uma estratégia que consiga tornar seus objetivos de venda realidade.

A internet dispõe uma série de recursos que facilitam a comunicação, basta saber extrair o melhor de cada método para seu negócio e crescer continuamente!

Autor: Hillary-maciel

Estagiária de Redação Web na Bannet, é graduanda de Publicidade e Propaganda da Universidade Federal do Ceará. Tem paixão pela escrita e pelo conhecimento, adora novos desafios e está sempre pronta para enfrentá-los.