Nós vivemos numa constante mudança. Ficar parado mediante a transição na forma de vender é um erro que muitos vendedores cometem e isso acarreta consequências negativas para a reputação e para o próprio lucro. No ramo de seguro de carro, isso é um tanto quanto comum.

Vendedores de seguro de carro devem se perguntar: “O que eu faço de diferente na minha forma de vender? Que medidas eu tomo para melhorar meus números? Como eu me diferencio da concorrência?” Se as respostas para essas perguntas evidenciam a falta de ações por parte dos vendedores, é porque algo precisa ser feito o quanto antes.

Estar apto a realizar mudanças na forma de vender é algo que manterá o processo de vendas sempre alinhado com os avanços tecnológicos e às principais tendências do mercado. Acompanhar e conhecer o mercado é essencial para trazer ao seu negócio as estratégias eficazes que vão possibilitar maiores ganhos.

No mercado de vendas, sobretudo na de seguros de carro, quem arrisca mais, ainda que sujeito a algumas falhas, obtêm maiores ganhos. Mas por que? Porque, ao arriscar, você saberá o que não dá certo no seu negócio e o que dá. A atitude de arriscar é algo que pouquíssimas pessoas têm, e isso é considerado um grande diferencial para um negócio, seja ele qual for.

Claro que, para arriscar, deve ser realizado um estudo sobre o mercado e elaborar estratégias que venham a dar certo. Após ter sua estratégia traçada, é preciso manter o foco na sua decisão e realizar as ações que tornem a sua estratégia um sucesso.

Nesse post, serão abordados pontos cruciais que ajudarão vendedores de seguro de carro a fazer a diferença no mercado e se manter à frente da concorrência.

Confie no seu profissionalismo

Fazer a diferença nas vendas de seguro de carro depende, quase que unicamente, do vendedor. Os fatores externos e internos que permeiam as vendas podem ser compreendidos como favoráveis, que traz benefícios ao seu processo de vendas, ou empecilhos, que dificultam.

Mas saiba que quem torna a venda real não é o produto, mas o vendedor. Por isso, é importante que haja maior confiança no seu profissionalismo, que servirá de motivação para seguir crescendo e tomando as melhores atitudes.

Mas cuidado! Ter confiança não significa se sentir superior e perder a humildade, excesso de confiança só traz perdas ao seu negócio. A confiança é necessária para que você, vendedor, acredite no seu potencial e se esforce para alcançar todos seus objetivos.

A diferença começa na prospecção de clientes

Um erro cometido é acreditar que a venda se restringe àquele contato com o cliente. Na verdade, o processo de vendas é composto por várias etapas e uma delas – considerada por muitos como a principal – é a prospecção de clientes.

A prospecção de clientes é a forma que se atinge pessoas para iniciar um contato que leve-as para a compra do produto ou serviço. Com uma boa prospecção, a chance de converter os clientes captados em venda aumentam significativamente. Ter uma boa estratégia de prospect é o primeiro passo para fazer a diferença.

A tecnologia e a internet são grandes aliadas ao processo de vendas como um todo, pois possibilita um maior alcance de pessoas, além de poder segmentar conforme o público-alvo e a persona definida para seu negócio. Com essa facilidade, não há motivos para continuar com uma prospecção que não dê o retorno, como panfletagem, lista avulsa de e-mails, dentre outros.

Através da inserção digital, a prospecção de seguros de carro pode ser feita através de redes sociais, um site próprio do corretor. Ou através de plataformas de geração de leads, que capta pessoas que já têm um interesse prévio em seguros de carro, vendendo as leads ao vendedor, que só realizará o trabalho de vender. A captação é feita com métodos aplicados de marketing digital, que realizam a função de levar a pessoa até sua página, site, etc.

O melhor da prospecção de clientes em meio online é a possibilidade de mensuração de todos resultados, como a taxa de conversão de clientes em vendas, por exemplo. Saiba tudo sobre prospecção de clientes para seguros de carro nesse post!

Identifique a necessidade do seu cliente

É de suma importância que, durante um atendimento, o vendedor tenha toda atenção voltada ao cliente. Quando se fala em reconhecer a necessidade do cliente, isso não fica restrito ao contato final, no qual já está com a venda encaminhada. No tópico anterior, vimos que se inicia com a prospecção de clientes, que só vai reparar no seu produto se este lhe for necessário.

Para saber a necessidade de seus clientes e utilizar isso como forma de conquistar seu interesse, é necessário que tenha seu público-alvo definido e, também, uma persona. A persona é um perfil de um cliente que precisa do serviço que você oferece, nesse perfil vão estar informações precisas dessa pessoa fictícia, contendo hobbies, dificuldades enfrentadas, emprego, grau de instrução, dentre outros.

A partir da sua persona, durante a prospecção, o público será segmentado e, a partir disso, você incentiva que aquela dificuldade que ela enfrenta será solucionada através de um seguro de carro.

Por exemplo: coloque como medo de ser roubado como uma dificuldade. Na prospecção realizada por internet, é possível encontrar pessoas que tenham feito alguma busca relacionada a essa dificuldade e, com o marketing digital, a pessoa encontrará como solução a sua plataforma digital. E com isso, o contato dela será encaminhado para que já se inicie o processo de relacionamento com o cliente.

O bom atendimento é fundamental

Um mau atendimento tem como consequência a perda de vendas. Todo mundo quer ser bem atendido, seja onde for. Portanto, ao contatar o seu cliente, é necessário tomar algumas atitudes que faça-o confiar em você e estar propenso a efetuar a compra.

Quando se faz uma prospecção de pessoas interessadas em seguro de carro, o contato realizado se difere em muitas formas do que uma prospecção de quem não tem interesse nenhum. Para facilitar, recomenda-se criar uma espécie de script de vendas, isto é, um roteiro com as perguntas necessárias a se fazer àquele cliente.

Essas pessoas captadas de forma online com interesse prévio se chamam leads, e quando for feita a primeira ligação, o vendedor deve entrar em contato o quanto antes, se identificar e confirmar se aquela pessoa se cadastrou no site ou preencheu o formulário.

QUERO RECEBER LEADS DE SEGURO DE CARRO!

Outro ponto crucial é ouvir a lead atentamente e estar disposto a tirar todas suas dúvidas quanto o seguro de carro, suas coberturas e preços. O ideal é utilizar a linguagem de forma clara, que não deixe espaço para incerteza. Além disso, o vendedor tem que se policiar para não tornar aquele atendimento longo e cansativo.

O que muitos vendedores não sabem é que interesse não traz certeza de compra. Ou seja, o cliente estar interessado em obter um seguro de carro não significa que ele irá fazê-lo, isso pode acontecer por vários motivos. Mas isso não quer dizer que este cliente é perdido, ele só precisa ser acompanhado e educado até a compra final.

O vendedor que não perde oportunidades realiza sempre um bom atendimento e não descarta o cliente no primeiro “não”. Ele já tem o interesse, portanto, basta um esforço para que ele obtenha o seguro de carro. Para saber mais sobre como atender uma lead, leia o post “10 dicas para melhorar seu atendimento com as leads”.

Pós-venda também faz a diferença!

A venda não acaba quando se fecha um contrato de seguro de carro, sobretudo no ramo de seguros. Com a vantagem de ter a renovação anual do contrato, o vendedor deve manter um contato casual com seus clientes, prestando-lhes todo suporte em caso de dúvidas.

A reputação aumenta e, ainda, o cliente se fideliza à você na hora de renovar seu seguro. Portanto, um contato por e-mail ou até por telefone de vez em quando, é suficiente para mostrar ao seu cliente que você está ali para atendê-lo. Uma simples pergunta, como “Como está indo com o seguro? Está satisfeito?”, mostra preocupação e aumenta a possibilidade do cliente retornar a você para uma renovação.

Conclusão

Para fazer a diferença nas vendas de seguro de carro, é preciso que o vendedor se atente a todos os pontos abordados aqui. Alguns estudos sobre o mercado e a forma como este vem se adaptando aos hábitos tecnológicos das pessoas é um diferencial.

Cabe somente ao vendedor o interesse de arriscar, estudar estratégias e aplicá-las aos seus métodos de vendas, para que suas metas sejam batidas e o seu esforço se converta em lucro e satisfação profissional.

Autor: Hillary-maciel

Estagiária de Redação Web na Bannet, é graduanda de Publicidade e Propaganda da Universidade Federal do Ceará. Tem paixão pela escrita e pelo conhecimento, adora novos desafios e está sempre pronta para enfrentá-los.