Ir para o conteúdo
Para sua Corretora Prospectar Clientes

10 Erros Cometidos ao Contratar Agência de Marketing Digital para sua Corretora

Contratou ou quer contratar uma agência de marketing digital? Veja aqui possíveis erros para nunca mais cometer.

Leitura: 16 min
696 visualizações

Com o constante crescimento da tecnologia na rotina dos brasileiros, adotar estratégias de marketing digital se tornou quase que obrigatório para quem possui um negócio, seja qual for o segmento, por isso, muitas desejam contratar uma agência de marketing digital para suas corretoras.

Redes sociais, sites, links patrocinados, remarketing: são tantas vertentes trabalhadas no marketing online que muitos donos de negócios preferem se preservar de mais trabalho e de todo o estudo que é requerido para um marketing digital de sucesso.

Visto essa necessidade, recorrem à contratação de uma agência de marketing digital, para que esta projete as estratégias onlines, com o objetivo de fazer sua empresa crescer em vários aspectos.

Para as corretoras, o marketing digital é um fator que deve estar presente sempre. A prospecção online é uma das mais vantajosas e traz os melhores retornos quando o marketing digital é bem feito.

Ao contrário, a corretora poderá ficar sujeita a prejuízos financeiros e uma má reputação.

O investimento em marketing não deve ser feito indiscriminadamente. Marketing digital vai além do perfil numa rede social ou na criação de um site.

É preciso atenção minuciosa para que o retorno recebido esteja de acordo com os objetivos traçados. A solução parece óbvia: contratar uma agência de marketing digital, mas todo dono de corretora deve estar atento a pontos fundamentais.

Existem critérios que devem ser levados em consideração antes de contratar uma agência de marketing digital. Não estar atento a estes critérios resulta nos muitos erros cometidos na contratação – o que acarreta perda bruscas para a corretora.

Pensando em preservar seu bolso, esse post trará 10 erros cometidos ao contratar uma agência de marketing digital para sua corretora.

1) Não realizar um planejamento prévio ao contratar a agência de marketing digital

Antes de tomar qualquer decisão, é preciso confirmar se a corretora necessita de fato dos serviços de uma agência de marketing digital.

Contratar tais serviços requer um investimento que tem um custo relativamente alto, dependendo do montante da corretora.

Portanto, organizar-se financeiramente é necessário para certificar-se que isso não prejudicará a corretora em nenhuma hipótese.

2) Não pesquisar a reputação da agência de marketing digital

Todo negócio possui uma reputação – seja esta boa ou ruim. Ao procurar uma agência de marketing digital, não deve-se contratar a primeira que surge, por mais que esta apareça cheia de boas intenções – “de boas intenções o inferno está cheio”, já dizia o ditado.

Não custa nada pesquisar sobre o histórico da agência. Entrar em contato com os clientes da mesma, perguntando sobre os seus pontos positivos e negativos, é uma boa forma de balancear se a reputação dela se adequa ao que está sendo buscado pela corretora, além de poupar uma grande dor de cabeça contratando uma agência de reputação baixa.

3) Deixar de analisar o portfólio da agência de marketing digital

Junto à reputação, deve-se atentar ao portfólio da agência de marketing digital. O portfólio, no sentido da publicidade, é uma junção de todos os trabalhos realizados por uma agência.

Observar o portfólio é essencial para saber se a qualidade do serviço está de acordo com o idealizado pela corretora.

A postura tomada nos trabalhos realizados, bem como os resultados dos clientes daquela agência, são passíveis de análise para saber se esta se adequa às exigências e ao perfil da corretora.

Às vezes, um detalhe é suficiente para descobrir que aquela agência está longe do que sua corretora precisa.

4) Não verificar se os serviços oferecidos atendem suas necessidades

Um erro frequentemente cometido é acreditar que todas as agências de marketing digital trabalham igualmente. Ainda que atuando no mesmo ramo, agências se diferem bastante uma das outras, desde as estratégias concebidas até as ferramentas utilizadas.

Essas diferenças estão, inclusive, na equipe e no dinamismo de trabalho que a agência possui.

A corretora deve esclarecer quais são suas intenções e objetivos ao recorrer a uma agência de marketing digital. Prospectar clientes? Maior visitas no site? Divulgar a corretora? Ter em vista o principal objetivo facilitará na busca pela agência ideal.

Outro ponto é saber quais são os serviços prestados pela agência – e se isso coincide com o que a corretora necessita. Algumas agências podem focar apenas em redes sociais, com campanhas pagas veiculadas no Facebook, Instagram, YouTube, dentre outros; outras agências trabalham também com ferramentas de links patrocinados em site de buscas, entre outros recursos do marketing digital.

Após a corretora saber em quais áreas do marketing digital necessita se aprimorar, é essencial verificar se a agência que está sendo analisada pode atender às exigências pontuadas.

5) Não tomar conhecimento das estratégias de marketing adotadas

Se uma agência de marketing digital presta os serviços requeridos pela corretora, é hora de saber quais métodos táticos são utilizados para gerar os resultados esperados.

Uma agência não deve esconder de seus clientes as estratégias que serão tomadas para aquele “job”, afinal, o cliente (a corretora) deve ficar a parte de todo o processo.

Clareza no diálogo entre cliente e agência é um dos principais fatores que indicam a qualidade do trabalho que será prestado. Deve existir uma área responsável apenas pela comunicação entre o cliente e a agência, tal área chamada é a do atendimento.

Quando o atendimento é falho, todo processo será falho, pois o atendimento é o primeiro passo realizado na execução de um trabalho.

Enquanto cliente, a corretora deve exigir que sejam apresentados os métodos utilizados, com a intenção de verificar se estes, de fato, correspondem ao esperado.

6) Não mensurar os resultados obtidos

Algumas agências de marketing digital ficam restritas apenas à execução das atividades do “job”, deixando de lado uma das principais etapas do processo de marketing digital: a análise de resultados.

Existem uma série de plataformas que possibilitam a mensuração e análise dos resultados obtidos com a agência.

Estas plataformas são as mesmas utilizadas para realizar as campanhas digitais e seu próprio sistema consegue traduzir os resultados obtidos num intervalo de tempo predefinido.

É obrigação da agência repassar esses resultados, afinal, o cliente (a corretora) deve saber se o seu investimento naquela agência está tendo um retorno ou não.

Mas a corretora não deve se precipitar quanto aos resultados. Isto é, todo resultado proveniente de marketing digital acontecem a longo prazo.

A corretora deve ter ciência de que é necessário algum tempo até que as campanhas realizadas deem algum retorno palpável.

7) Evitar verificar a responsabilidade da agência

No meio publicitário – inclusive no digital – é comum se utilizar imagens para as campanhas. Porém, o uso de imagens requer grande atenção, pois qualquer imagem, ainda que disponível na internet de forma gratuita, possui direitos de uso.

O direito de uso nada mais é que a permissão para um uso de uma imagem que pertence a alguém ou alguma empresa. Utilizar alguma imagem sem permissão é crime e poderá acarretar inúmeros problemas para a agência e para a corretora.

Pensando nisso, existem o que são chamados de banco de imagens. O banco de imagens é uma plataforma com variadas imagens licenciadas para uso.

Existem muitos bancos de imagens conhecidos, como o Deposit Photos, ShutterStock, dentre outros. Qualquer agência de marketing digital que se preze, deve ser usuário de, pelo menos, um banco de imagens.

É necessário que a corretora se informe quanto a responsabilidade do uso de imagens que a agência possui. É ideal confiar apenas às agências de marketing digital que têm um maior cuidado quanto à responsabilidade e ao direitos de uso das imagens.

8) Deixar de confirmar se a agência conhece o seu mercado

O mercado de seguros tem propriedades bem específicas. O público-alvo é específico, bem como a comunicação que deve ser adotada.

Por isso, uma informação imprescindível é se a agência tem realmente conhecimento sobre o mercado em que a corretora atua.

Se a agência já possuir o conhecimento acerca do mercado em questão, será mais fácil saber quais procedimentos de marketing digital devem ser executados para gerar maior retorno para a corretora.

Caso a agência não tenha o conhecimento, através de um intenso estudo da equipe será realizado um relatório com todas as características existentes daquele mercado.

Após isso, serão analisadas quais as melhores estratégias para aquelas características, garantindo maior eficácia das campanhas.

9) Não comparar as agências de marketing digital

Há várias agências de marketing digital no mercado. Cabe a corretora analisar qual melhor se adequa às suas exigências.

Mas para isso, deve se realizar uma pesquisa entre as agências, analisando as suas características e estabelecendo um comparativo de custo-benefício.

É nesse momento, após analisar os pontos individuais das agências, que se deve verificar quais são as agências que se sobressaem nos itens avaliados.

Isso auxiliará na hora de fazer a escolha da agência que realizará os serviços de marketing digital para sua corretora, pois será visualizado de forma geral os aspectos tratados anteriormente no post.

10) Não analisar o custo-benefício entre investir numa agência ou numa equipe própria de marketing

agência de marketing digital

Uma agência de marketing digital é a única saída para a corretora? NÃO! E isso não deve se perder de vista, pois há situações que vão além da contratação de uma agência que serão mais benéficas à sua corretora (e isso inclui custo).

 

Equipe própria de marketing

São muitos os benefícios em ter uma equipe de marketing na corretora. Afinal, são profissionais que estarão completamente focados em alcançar os objetivos, utilizando os meios que estejam ao alcance da empresa, deixando os gestores à parte de todos os processos.

Ter um time próprio facilita a comunicação entre o setor de vendas e administrativo, o que torna mais eficaz todas as medidas de marketing adotadas, uma vez que a equipe trabalhará com as principais dificuldades encontradas, bem como os recursos que a corretora dispõe. Além disso, o trabalho poderá ser acompanhado e poderá ser verificado se a equipe está dando resultados.

Porém, mesmo com todos esses benefícios, deve-se lembrar que essa equipe será montada por funcionários e, junto a estes, vêm os custos de uma contratação.

Antes de pensar em montar a equipe de marketing da corretora, é necessário ter certeza se isso não irá comprometer o orçamento da mesma.

 

Plataformas de geração de leads

No mercado das corretoras, existem plataformas responsáveis por geração automática de leads – isto é, uma prospecção de clientes de alta qualidade e com interesse em aderir ao serviço.

Na mais simples linguagem, essas plataformas vendem as leads para as corretoras. Mas todo o trabalho de marketing na realização do prospect de clientes, ficará na responsabilidade das plataformas.

Assim como as agências de marketing digital, é necessário realizar algumas verificações acerca dessas plataformas. Existem muitas no mercado, mas são poucas que consegue entregar um trabalho de qualidade por um preço que não seja abusivo.

Uma plataforma que vem ganhando mais espaço nesse mercado de geração de leads é a Bannet, a qual já possui muitos vendedores satisfeitos com a qualidade das leads e do próprio custo-benefício. São geradas em média de 900 leads por dia com atuação a nível nacional.

A Bannet possui a sua própria equipe de marketing atuando todos os dias para captar os melhores clientes para a corretora.

Além disso, conta com sua própria plataforma, com funcionalidades que auxiliam os vendedores da corretora a realizar seu trabalho da melhor forma. Saiba mais sobre a prospecção de clientes da Bannet!

Conclusão

Quando a corretora quer obter sucesso, ela vai procurar as melhores soluções para isso. Tendo em mente a necessidade em investir em marketing digital para realizar uma boa prospecção ou até mesmo divulgar a corretora, contratar uma agência de marketing digital é a primeira coisa que vem a mente.

Por isso, é necessário avaliar os principais aspectos das agências, de forma a evitar um mau investimento e prejuízos.

Seguir os passos mencionados no post são importantíssimos, pois eles serão cruciais na hora de descobrir se é realmente de uma agência de marketing digital que sua corretora precisa – e caso não seja, existem outras soluções!

Investir na formação de uma equipe própria de marketing digital é uma das melhores soluções, porém o custo é alto. E pensando na necessidade das corretoras estarem ativas e usufruindo do marketing digital,  existem as plataformas que geram leads, como a Bannet, a qual garante um serviço de qualidade por um alto custo-benefício.

Invista em nossa plataforma. Clique aqui.

Recomendado para você:

Postagens mais vistas:

Faça um orçamento: