Ir para o conteúdo
Motivação Técnicas De Vendas Vender Mais

3 melhores vendedores do mundo para se inspirar

Já parou para pensar que existem no mundo das vendas inúmeras histórias inspiradoras para tomarmos como exemplo? Então conheça os 3 melhores vendedores do mundo e inspire-se neles também!

Leitura: 9 min
4540 visualizações

Existem vários vendedores que fizeram história. A bannet selecionou 3 para contar o porquê eles merecem tantos fãs espalhados pelo mundo. Conheça 3 melhores vendedores do mundo para se inspirar.

Melhores vendedores do mundo

1. Aaron Ross

melhores vendedores do mundo

Quem é?

Uma das principais referências no mundo das vendas, Aaron Ross é formado em Engenharia Civil Ambiental pela Universidade de Stanford, casado e pai de 12 filhos (maioria adotivos).

Entrou na Salesforce (CRM), a maior empresa SaaS (site de serviços online) do mundo, em 2002, e logo depois criou um grupo de pessoas a fim de criar uma nova forma de prospecção.

Esse novo método lhe rendeu, nada mais nada menos, do que 100 milhões de dólares em apenas alguns anos.

Em 2011, ele colaborou, junto com Marylou Tyler, com a produção do livro Predictable Revenue, no qual aborda detalhadamente como o processo ocorre e ensina às empresas a replicarem da melhor forma.

O livro foi o mais vendido da Amazon e ganhou sua versão em português, com o nome de “Receita Previsível”. Além dessa obra, ele também lançou o livro “Hipercrescimento”, em 2016.

Por que se inspirar em Aaron?

Aaron defende que a equipe comercial não deve fazer o trabalho de prospecção, pois é mais uma responsabilidade nas costas do vendedor. Colocar várias obrigações na conta do vendedor mata sua produtividade e acarreta:

  • Falta de motivação e foco;
  • Ausência de suporte e treinamento;
  • Falta de métricas claras;
  • Menor visão dos problemas futuros.

Ele acredita que cada parte pode desempenhar um papel diferente com funções diferenciadas e especializadas, mas que se interligam.

O primeiro passo para qualquer empresa é contratar o vendedor e depois um representante que irá gerar leads para que o vendedor possa fechar a venda.

Aaron Ross também criou o conceito “camadas de cebola”, definido como um caminho percorrido pelo prospect até se tornar cliente.

Eles necessitam conhecer o vendedor e empresa ao longo do caminho, por isso, precisam parar de querer apressar o processo, mas sim atraí-los de forma cautelosa, tentando convencê-los a dar um passo de cada vez e ajudando-os a criar a própria maneira de confiar, do jeito que se sentir confortável.

Uma dos grandes conselhos que Aaron passa para todos os vendedores é para que vendam sua ideia e não o produto em si, pois os clientes buscam por ajuda e o melhor jeito de ajudá-los é com seu conhecimento, por isso o melhor é educar ao invés de vender.

E algumas de muitas dicas de um dos melhores vendedores do mundo para o hipercrescimento são:

  • Quer prospectar? Foque na Geração de leads. Para vender mais, não é preciso aumentar a equipe de vendas, mas sim separar tarefas;
  • Sucesso da noite para o dia é uma fantasia – você não vai ser descoberto magicamente;
  • Crescimento leva mais tempo do que você gostaria, mas não desista. Tenha certeza que você pode lidar com o tempo necessário;
  • Seu pessoal está “alugando” seus cargos e não são donos dos seus trabalhos. Crie uma cultura de iniciativa dentro da sua empresa;
  • Funcionários, vocês aceitam muito a “realidade” e desistem facilmente. Vocês podem definir seu destino para fazer a diferença, para você e sua empresa, em qualquer lugar que trabalhe.

2. Joe Girard

melhores vendedores do mundo

Quem é?

Joe Girard, que começou engraxando sapatos e ficou milionário vendendo automóveis, é autor do livro “Como vender qualquer coisa a qualquer um” e foi considerado o maior vendedor de carros do mundo pelo Guinness Book.

Criou o sistema de captação de clientes, no qual ele chamava de “sistema de perdigueiros” (cães que caçam perdizes) e era um método inovador, que propunha aos clientes indicados por essas pessoas, uma comissão de 25 dólares. Isso rendeu a Joe um terço de suas vendas totais.

Sua história serve de motivação para profissionais de todas as áreas, pois mesmo sem nenhuma formação de nível superior, soube ultrapassar obstáculos e se tornar um grande sucesso no mundo das vendas, um dos melhores vendedores do mundo.

Por que se inspirar em Joe?

Joe pregava a importância da correspondência para fazer negócios com seus clientes, ou seja, cartões de visita, emails e telefone, etc.

Para cada cliente atendido, Joe enviava uma correspondência a fim de fidelizá-los, agradecendo-lhes pela compra realizada e pedindo indicação para ganharem comissão.

Suas principais características eram:

  • Motivação e entusiasmo;
  • Relacionamento com o cliente (atendimento);
  • Cartão de visita dinâmico;
  • Parcerias novas para novos negócios, inclusive com os próprios clientes;
  • Investia no mercado online;
  • Metas bem estabelecidas com a famosa frase: “planeje seu trabalho e trabalhe seu plano”.

3. Lincoln Murphy

melhores vendedores do mundo

Quem é?

Lincoln trabalhou com mais de 400 empresas SaaS ao redor do mundo, é co-autor do livro “Customer Success” (Sucesso do Cliente) e viaja o mundo dando palestra sobre isso, sendo considerado hoje em dia um dos melhores vendedores do mundo.

Por que se inspirar em Lincoln?

Graças a Lincoln, é possível entender seus ensinamentos sobre o sucesso do cliente. Para isso, ele revelou a importância de saber o que é sucesso para ele, isto é, o cliente.

Isso porque a resposta dele vai nortear os esforços de marketing e obter os resultados esperados.

“Muitas vezes, o mais valioso que temos é o que sabemos sobre nossos clientes. Normalmente, nós subestimamos isso. Existem tantas coisas baseadas nesse conhecimento que podemos aproveitar para aprofundar nosso negócio, mas não valorizamos isso. Não há desculpas para não conhecer nosso cliente.”

Para ele, é preciso ter metas, e ao mesmo tempo, um plano de ação, pois sem isso não há como trazer valor para a empresa.

E a equipe de vendas deve evitar ao máximo trazer clientes que não se beneficiam com o serviço da empresa, pois podem impedir seu crescimento.

Como identificar os clientes que devem ser evitados:

  • Funcionalidade do produto/serviço não serve para o cliente;
  • Cliente não pode e não tem ninguém para manter o produto de forma contínua e com qualidade;
  • Clientes que não possuem condições financeiras compatíveis com o produto oferecido pela empresa;
  • Clientes que têm algum impedimento técnico para usar o produto;
  • Clientes que não são “compatíveis” com a cultura da empresa;
  • Clientes que necessitam de ações que a empresa não oferece.

Caso o cliente não se encaixe em nenhuma dessas opções, ele é um cliente de sucesso em potencial, mas se ele se encaixar, não há motivos para investir em alguém que não trará valor para a empresa.

É aí que Lincoln afirma que um cliente feliz não é a mesma coisa que um cliente de sucesso e que a felicidade é somente um passo para o sucesso e não o resultado final.

“Nós podemos ter clientes que não aparentam estar felizes, mas eles, na verdade, são os que possuem maior sucesso. Eles estão sempre comprando mais, pedindo mais, sempre nos fazendo desenvolver, por isso são os nossos maiores clientes. E eles podem nunca dizer a nós mesmos que somos bons para eles, mas eles dizem aos outros o quão bons nós somos.”

Conclusão

É sempre bom conhecer grandes referências para se espelhar. É como uma motivação, um empurrão para entendermos que podemos conseguir qualquer coisa, afinal nossas escolhas e as ações que praticamos para alcançar nossos objetivos é que irá definir a realização de nossas metas.

Mesmas atitudes geram os mesmos resultados. Seja como Aaron, Joe e Lincoln e faça história no mundo das vendas!

Quer captar clientes automaticamente e fechar cada vez mais vendas? Clique aqui para começar a receber leads interessadas em seu produto e serviço e aumente o número de suas vendas.

Carine
SOBRE O AUTOR: Posts desse autor

Carine Vasconcelos

Editora Chefe da empresa Bannet, formada em Publicidade e Propaganda, há mais de 6 anos, pela Faculdade Cearense, e apaixonada por conteúdo. Atua na área de Marketing e Produção Textual há quase 10 anos e acredita que, para termos sucesso em qualquer área, é preciso sermos felizes no caminho, afinal o amor pelo que fazemos é força motriz para atingirmos a excelência.

Recomendado para você:

Postagens mais vistas:

Faça um orçamento: