Ir para o conte�do
Vender Mais

Como vender plano de saúde empresarial?

Leitura: 7 min
91 visualizações

Vender plano de saúde empresarial não é uma tarefa fácil! A área de vendas, além de competitiva, também é mais complexa do que parece, e a área de planos de saúde exige muitos conhecimentos.

Porém, ser corretor e vender plano de saúde empresarial pode ser uma ótima alternativa para quem busca renda extra e para quem busca uma profissão, pois plano de saúde é algo extremamente necessário atualmente.

Quem pode vender planos de saúde?

Antes de mais nada, é importante explicar que somente os profissionais capacitados por meio de uma certificação podem comercializar planos de saúde. Para que isso seja possível, é preciso seguir duas regras.

A primeira é ter cadastro na Superintendência de Seguros Privados (Susep), órgão responsável por regulamentar a profissão de corretores de seguros. Já o segundo passo é realizar um curso de formação de corretores de seguros privados. Após a conclusão das duas etapas, uma carteirinha comprovando que a pessoa está apta para vender plano de saúde empresarial será emitida. A seguir, veja como é feito o trabalho de um corretor.

Como funciona o plano de saúde empresarial?

Mas para saber como vender plano de saúde empresarial de maneira eficaz, é preciso entender um pouco mais sobre esses serviços. Os planos de saúde empresariais são divididos em dois grupos:

Coletivo empresarial: aqueles que prestam serviços de assistência à saúde dos funcionários de uma determinada empresa devido ao seu vínculo empregatício ou relacionado aos regulamentos e normas de instituições públicas.

Para o plano de saúde coletivo empresarial é essencial que haja um vínculo empregatício ou que seja regido por estatuto próprio do poder público para o qual trabalha. Os trabalhadores que podem se tornar beneficiários deste grupo são:

  •         Empregados ou servidores públicos;
  •         Demitidos e aposentados;
  •         Sócios;
  •         Administradores;
  •         Estagiários da empresa contratante.

Em relação aos dependentes, ou seja, as pessoas que podem participar do plano de saúde juntamente dos beneficiários, são os familiares. No entanto, terão de comprovar os seguintes graus de parentesco previstos na legislação:

  •         Até o 3º grau de parentesco consanguíneo;
  •         Até o 2º grau de parentesco por afinidade (caso de irmãos, tios, sobrinhos e primos do cônjuge ou companheiro);
  •         Cônjuge ou companheiro.

Coletivos por adesão: estes são aqueles contratados por pessoas jurídicas de caráter profissional, classista ou setorial, como ocorre em conselhos, sindicatos e outras associações profissionais.

Para o plano coletivo por adesão a pessoa em questão deve comprovar ter vínculo com a entidade, conselho, sindicato ou associação, a fim de demonstrar que ela de fato atua na categoria.

Quem pode contratar os planos de saúde empresariais?

Os planos de saúde empresariais ou coletivos por adesão podem ser contratados por pessoas jurídicas, ou seja, devem estar identificados por um CNPJ.

Quem pode contratar estes planos de saúde são as pessoas contratadas por uma empresa, conselho, sindicato ou associação junto à operadora de planos de saúde para oferecer assistência médica e/ou odontológica aos trabalhadores vinculados a empresa e aos dependentes dessas pessoas (como dito anteriormente).

E quais as dicas para vender plano de saúde empresarial?

Não existe nenhuma fórmula mágica para vender, porém você pode seguir algumas dicas para vender plano de saúde empresarial:

Entenda sobre o que você está vendendo e para quem

Se deseja ter sucesso nas suas vendas, então esteja familiarizado com o produto que você quer vender para os seus clientes. Além disso, estude sobre o mercado de seguros.

Desta maneira, você se torna uma autoridade para o consumidor e acaba se destacando dos concorrentes.

Faça a “boca a boca”

Normalmente, as pessoas costumam fechar negócio com alguém que elas já conhecem. Então, por que não fazer a prospecção dos primeiros clientes com amigos e família?

Tenha bons argumentos

Não basta só você comunicar que está vendendo plano de saúde. É necessário ter bons argumentos sobre o produto.

Por isso, trabalhe as perspectivas em relação ao que as pessoas querem. E faça com que elas sejam capazes de terem decisões inteligentes.

Por exemplo: uma mãe que tem dois filhos, pode contratar um plano familiar ao invés de preferir somente para os pequenos.

Esteja online

A boca a boca é importante, claro, mas a internet também pode ser uma grande aliada! Portanto, não hesite: use as redes sociais para falar sobre planos de saúde.

Você pode, inclusive, fazer conteúdos bem interessantes, como uma postagem explicando a importância de adquirir um plano de saúde e, logo em seguida, apresentar o que vende.

Como vender plano de saúde sem precisar de panfletagem?

Sabe aquela lista de objetivos que você tem? Você deve saber que só vai conseguir realizá-los se conseguir vender com uma certa frequência.

Como sabemos, para realizar uma venda, você vai precisar de clientes interessados. Se você é bom no fechamento de vendas, deve centralizar sua atenção nisso e partir para terceirizar sua captação de clientes.

E a maneira mais fácil de vender plano de saúde sem precisar de panfletagem é investindo em Geração de Leads (Baixe aqui o material que explica tudo sobre o assunto).

Há 2 formas de investimento. Uma é contratando todo o pessoal responsável por desenvolver o seu próprio site, com conteúdo relevante e landpages para captar uma lead e outra forma é terceirizando tudo isso.

Não é difícil saber qual das 2 formas é a melhor, mas para acabar com qualquer dúvida, leia esse post e tire suas próprias conclusões: Geração de Leads: montar uma equipe de marketing ou terceirizar ?

O resultado será certo. Automatizando sua captação de clientes, ficará muito mais fácil se dedicar às vendas e realizar mais fechamentos.

 

 

 

 

 

Recomendado para você:

Postagens mais vistas:

Faça um orçamento: