Ir para o conteúdo
Prospectar Clientes Técnicas De Vendas Vender Mais

Os 10 mandamentos para o vendedor fazer um bom negócio

Com os 10 mandamentos, qualquer vendedor poderá fazer um bom negócio. Confira e constate!

Leitura: 9 min
319 visualizações

Fazer um bom negócio é uma questão de habilidade. É preciso que o vendedor utilize alguns gatilhos de vendas para convencer qualquer cliente a comprar. Mas nem todos os meses são meses de glória.

É aí que o bom vendedor precisa agir, pois é necessário olhar para esses momentos ruins, em que as vendas estão baixas, e conseguir ver uma oportunidade.

Oportunidade para aprimorar-se e entender que todo vendedor passa por crises, mas que ficar para trás pode piorar ainda mais a situação.

Por isso, se você está em busca de fazer bom negócio, seja o que for seu produto ou serviço, vai querer saber dos 10 mandamentos para fazer bom negócio.

bom negócio

O bom negócio começa com a auto análise do vendedor

Você sabia que o primeiro passo para realizar boas vendas e, consequentemente, um bom negócio é auto analisar-se para saber onde está errando e acertando?

O vendedor que não dança conforme a música, pode perder oportunidades de vendas por achar que suas ações estão sempre corretas.

Você já deu uma visitinha no seu principal concorrente para saber o porquê dele fechar tantas vendas? Talvez ele faça o que você não faz.

Ficar preso à métodos antigos achando que “sempre deu certo” é o primeiro erro. Você já se auto analisou hoje? O que o torna expert no que faz?

Na categoria Técnicas de Vendas, veja alguns artigos que vão melhorar sua postura como profissional de vendas.

 

Os 10 mandamentos para o vendedor fazer um bom negócio

  1. Esteja apresentável

Pode não parecer, mas o primeiro mandamento é muito importante para todos os vendedores, que é manter a aparência em boas condições.

Isso quer dizer que, além de uma roupa adequada, cuidar da higiene também deve estar na lista para transmitir segurança para quem se quer atingir.

Estar apresentável com um cheiro agradável e uma roupa limpa contribui para um bom negócio, afinal, entre um vendedor que se cuida e outro desarrumado e fedido, quem você acha que seu cliente irá escolher?

Além disso, a roupa quer dizer muito sobre uma pessoa. Se seu cliente o ver com uma roupa social e bem aparentada, saberá que você é um vendedor bem sucedido e que seu produto/serviço é bem vendido.

 

  1. Seja um entusiasta

O entusiasta é aquela pessoa que ama tanto algo que se dedica profundamente àquilo que está fazendo. Ele é um admirador assumido por algo e é intenso o suficiente para realizar o que faz.

O vendedor entusiasta ama vender e transmite isso em sua fala, seus movimentos e até em seu olhar. Além disso, ele mostra que também é entusiasta pelo produto que está vendendo.

Como ele quer vender seu produto se não for um apaixonado inveterado pelo que vende? Por isso, siga o segundo mandamento e, ao oferecer algo para seu cliente, mostre essa paixão, acredite nela e, assim, o cliente também acreditará.

  1. Fale com propósito

O bom vendedor certamente segue o terceiro mandamento sem falhas. Ele, ao conversar com seu cliente, é claro e objetivo e fala com propósito.

Falar com propósito é falar com intenção de se chegar a um objetivo bem definido. O que você objetiva? O que você almeja?

Se você está oferecendo seu produto a fim de fechar uma venda, converse com seu cliente com essa ideia na mente e só descanse quando ver que não há a mínima possibilidade de acontecer.

Ah, e não esqueça: não desista do seu objetivo.

 

  1. Seja sensitivo

Um dos piores erros na vida de um vendedor é achar que sabe algo do seu cliente, sem ter sequer investigado se seus pensamentos estão corretos.

O mal vendedor acha que todo cliente é igual e não tem tato para entender pelo que ele está passando. Ele não conversa, não questiona e seu desejo de vender é tão grande que acaba pulando etapas importantes do processo de vendas.

Entretanto, se seu processo de vendas não estiver bem definido, seu propósito pode estar em maus lençóis.

O quarto mandamento diz respeito à sensibilidade. Você deve tentar entender o que está acontecendo com seu cliente, qual sua dor, seus conflitos, o que está impedindo ele de comprar e de que maneira você pode ajudar para sanar a situação.

A sensibilidade também diz respeito a compreender se seu cliente está nervoso. E isso é possível saber logo no início de sua conversa, seja pessoalmente, seja por telefone.

 

  1. Tenha autocontrole

Se o cliente realmente não estiver a fim de conversa, esse momento pode ser crucial para o vendedor, afinal basta um erro para ele colocar tudo por água abaixo.

Mantenha-se paciente e não estenda o assunto. Concorde com ele, quando couber, ou silencie quando ver que realmente é culpado.

Respire fundo! O exercícios de respiração podem parecer besteira, mas são de grande ajuda nos momentos em que queremos agir impulsivamente.

E se o fechamento da venda não acontecer, lembre-se: é melhor perder uma venda com a consciência tranquila de que não comprometeu sua imagem em momento nenhum.

 

  1. Seja verdadeiro

O sexto mandamento do vendedor diz respeito à sua sinceridade. Previsível, porém importante.

Toda omissão ou mentira a respeito do que se está vendendo pode render sérias consequências. Por isso, deixe tudo em pratos limpos e não permita que seu cliente se sinta enganado.

 

  1. Não julgue pela aparência

Os clientes que mais aparentam não realizar uma compra é que fazem um bom negócio.

O pré julgamento existe em todos os lugares, seja por causa da roupa, estudo, etc. O primeiro mandamento corresponde a isso.

O fato do vendedor estar apresentável é porque ainda há esse tipo de conceito sobre as pessoas. Portanto, não encare uma pessoa que aparenta que não vai fechar negócio, tratando-a de modo diferente de uma que possivelmente iria.

 

  1. Relacione-se com seu cliente

Você já deve saber que o bom vendedor tem que ter um bom relacionamento com o cliente. Sem esse relacionamento é impossível conseguir indicações – boas indicações – sobre seu trabalho.

Uma boa maneira de realizar o oitavo mandamento é com o pós venda. Sempre esteja disponível para sanar as dúvidas do cliente, após a compra, e principalmente para perguntar se o que foi comprado está satisfazendo suas necessidades.

Pergunte o que pode fazer para melhorar seu atendimento. É sempre bom receber esse feedback de um cliente que adquiriu seu produto.

 

  1. Seja um vendedor não só offline, mas online

O nono mandamento é simples. Esteja presente nas redes sociais, assim seu prospect poderá achar facilmente seu perfil em algumas das principais mídias e ver seu trabalho por lá.

Publique stories, notícias interessantes que convenha com o assunto do seu produto e atinja seu público e não esqueça de publicar uma foto daquela palestra que você fez para se capacitar.

 

  1. Inove

Um bom vendedor não fica parado. Ele busca alternativas que saiam da sua zona de conforto para alcançar o progresso. Ele pensa fora da caixa e investe em coisas certas para obter lucro.

E o bom negócio está às portas graças à inovação. Um exemplo disso é a Geração de Leads para captar clientes interessados em seu serviço. Leia mais sobre isso aqui.

bom negócio

Conclusão

Para fazer um bom negócio é preciso ousar e seguir esses 10 mandamentos. Mas lembre-se, vender mais vai muito além deles e somente buscando conhecimento é possível conhecer os outros para obter sucesso nas vendas.

Quer parar de panfletar e vender porta a porta para tentar divulgar seus serviços? Clique aqui, faça seu cadastro e adquira leads interessadas em plano de saúde.

Carine
SOBRE O AUTOR: Posts desse autor

Carine Vasconcelos

Editora Chefe da empresa Bannet, formada em Publicidade e Propaganda, há mais de 6 anos, pela Faculdade Cearense, e apaixonada por conteúdo. Atua na área de Marketing e Produção Textual há quase 10 anos e acredita que, para termos sucesso em qualquer área, é preciso sermos felizes no caminho, afinal o amor pelo que fazemos é força motriz para atingirmos a excelência.

Recomendado para você:

Postagens mais vistas: